logo

DPOC.PT

Nós nas redes sociais...
Perigos da Oxigenoterapia
Perigos da Oxigenoterapia
Top

Toxicidade

Existem descrições de doentes que estiveram expostos a tratamento com oxigénio com FiO2 > 50% (principalmente se prolongado) e que sofreram toxicidade por oxigénio, que se deve aos seus radicais livres, que são tóxicos para as células alveolares e traqueobrônquicas.

Como consequências perigosas destes radicais livres referem-se: a diminuição da compliance pulmonar, a diminuição do fluxo inspiratorio, a diminuição da capacidade de difusão ou alterações nas pequenas vias aereas.

Existe ainda pouca informação sobre o efeito a longo prazo de débitos mais baixos de oxigénio. O consenso atual é que os benefícios ultrapassam qualquer potencial risco.

 

Retenção de CO2

Um dos grandes riscos da administração de O2 é a retenção de CO2, por depressão respiratória, em doentes com hipercápnia crónica. É importante a realização de gasometria prévia e posterior à introdução de Oxigénio.

 

Outros perigos

Evitar contato com chamas ou aparelhos/fontes de aquecimento. Evitar completamente fumar perto dos aparelhos.

 

Oxigénio Líquido

 Risco de queimadura pelo frio, se o líquido entrar em contato com a pele humana.

%d bloggers like this: