Algumas das associações e grupos de apoio em Portugal

Apesar de em Portugal não contarmos com uma panóplia de Fundações e Grupos de Apoio a doentes com DPOC tão alargada como existe nos Estados Unidos da América, Reino Unido ou na Austrália, existem algumas instituições e associações que contribuem para melhorar o conhecimento sobre a doença e o apoio a quem precisa, desde os doentes aos seus familiares.

Infelizmente estas instituições não têm a mesma visibilidade de outras relacionadas com doenças mais mediáticas, mas mesmo assim é frequente ver na televisão alguns dos seus responsáveis, seja a defender um maior acesso à realização da espirometria e das provas funcionais respiratórias ou na promoção da necessidade de se diminuir o consumo de tabaco e melhorar o acesso à Cessação Tabágica. Não há dúvida que os seus membros contribuem para manter a doença na comunicação social, estabelecer bases que permitam algum suporte às pessoas com a doença, bem como na educação da pessoa com a doença e na promoção de um estilo de vida mais saudável.

Não referimos aqui os vários serviços de Pneumologia espalhados pelo País nem os maiores centros de pneumologia no sistema privado de saúde, uma vez que serão relativamente fáceis de encontrar, principalmente se discutir a sua situação com o seu médico de família.

 

RESPIRA

 

A Associação Respira foi fundada há cerca de 10 anos e é uma instituição particular de solidariedade social, que tem como primeiro objetivo contribuir para a prevenção e para o melhor tratamento das doenças respiratórias crónicas, como é o caso da DPOC, e pretende ser um pilar central na defesa dos interesses e direitos de quem sofre de uma destas doenças.

Esta organização costuma organizar vários eventos que visam colocar a atenção na identificação das causas, na necessidade de se fazer o diagnóstico e evitar as consequências da DPOC, destacando-se a realização rotineira de rastreios gratuitos espirométricos e outras ações públicas que aumentem a exposição pública da DPOC.

A associação tem um site (http://www.respira.pt), uma página na rede social Facebook e a sua sede é em Lisboa.

 

Fundação Portuguesa do Pulmão

A Fundação Portuguesa do Pulmão é uma instituição sem fins lucrativos e de solidariedade social, que foi fundada em 2009 por um conjunto de médicos ligados à área respiratória e preocupados com a repercussão social das doenças respiratórias. O ideal por trás desta iniciativa trata-se do intuito de ser um elemento dinamizador no desenvolvimento de ações e movimentos que contribuam para a melhoria da saúde respiratória dos portugueses. Desse modo, os seus responsáveis pretendem ter um papel ativo na promoção da saúde respiratória dos portugueses, na prevenção as doenças e na defesa dos interesses e direitos dos doentes respiratórios, bem como defender a universalidade e equidade no acesso aos cuidados de saúde respiratórios.

Costuma realizar rastreios e outras ações publicas frequentemente, tendo um papel importante nomeadamente na comunicação social.

No seu site (http://www.fundacaoportuguesadopulmao.org) pode encontrar um Consultório, onde pode esclarecer algumas dúvidas sobre a DPOC e outras doenças, bem como vídeos interessantes e explicativos, onde se destacam os vídeos que exemplificam como se deve usar corretamente alguns inaladores.

 

AA1P – Associação Alfa 1 Portugal

A associação para doentes com a deficiência de alfa1-antitripsina em Portugal foi instituída em 2011. O objetivo dos seus fundadores foi o de estabelecer um espaço onde fosse fácil reunir e divulgar informação atualizada e credível em português, uma vez que consideravam que não existia informação credível disponível ou de fácil acesso.

Está sediada em Lisboa, e tem uma página na rede social Facebook e um site (http://www.aa1p.pt)  onde pode saber mais sobre esta causa genética da DPOC.