Investigadores de Coimbra desenvolveram um colete para a DPOC – WELCOME vest

Nove investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) integram um consórcio europeu que desenvolveu um colete inovador para monitorização contínua da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC). Como referimos no DPOC.PT, trata-se de uma doença que, segundo previsões da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2030 será a quarta causa de morte e a sétima de morbilidade no mundo.

Desenvolvido ao longo dos últimos quatro anos, o projeto WELCOME (Wearable Sensing and Smart Cloud Computing for Integrated Care to COPD Patients with Comorbidities), teve como grande objetivo desenvolver um sistema tecnológico que mude o paradigma no tratamento e acompanhamento dos pessoas que sofrem de DPOC. Foca-se especialmente naqueles com comorbilidades (designadamente insuficiência cardíaca, ansiedade, depressão e diabetes), apostando na designada Medicina P4 – preditiva, preventiva, personalizada e participativa.

“O WELCOME Vest efetua a aquisição em tempo real de um imenso volume de dados muito díspares e envia-os para um dispositivo do paciente (tablet ou smartphone), onde é realizado o pré-processamento da informação recolhida para validar a sua qualidade. Também no tablet, o paciente dispõe de uma aplicação com um conjunto de tarefas a realizar pelo próprio, tais como resposta a questionários de fadiga, medição de pressão arterial, pesagem ou visualização de vídeos (in)formativos”, esclarece um dos responsáveis.

Os dados são remetidos para uma “central de informação” instalada na Cloud (computação na nuvem), onde se encontram todos os algoritmos desenvolvidos pelos cientistas do consórcio, «para o processamento dos diferentes tipos de informação que permita traçar o quadro do indivíduo e prever exacerbações (episódios de agravamento da doença).

Toda esta informação fornece ao médico, através de um sistema inteligente de apoio à decisão, vários dados que torna possível agir atempadamente, evitando internamentos e atuando ao nível da prevenção e mitigação das comorbilidades da DPOC.

Noticia completa no site oficial da Universidade de Coimbra